Páginas

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Bispo recusa comenda do Senado Brasileiro

Recebi essa notícia por e-mail e resolvi postar. Embora esse espaço seja dedicado principalmente às artes manuais, não sou alienada e os "políticos" do nosso país me deixam cada dia mais enojada.
É através de situações como essa que lavo minha alma, enquanto a população não resolve dar uma resposta a esses indencentes através do voto.
Torço prá que mais brasileiros deixem de lado a vaidade e sigam o exemplo desse, que merece mais que ninguém, ser chamado de "CIDADÃO".
Abraços!


ACIMA DA VAIDADE HUMANA, A DECÊNCIA!!!
Precisamos de mais gente assim...

Num plenário esvaziado, apenas com alguns parlamentares, parentes e amigos do homenageado, o bispo cearense de  Limoeiro do Norte,Dom Manuel Edmilson Cruz impôs um espetacular constrangimento ao senado federal (assim, com letras minúsculas mesmo). 
Dom Manuel chegou a receber a placa de referência da Comenda dos Direitos Humanos Dom Hélder Câmara, das mãos do senador Inácio Arruda (PCdoB/CE). Mas, ao discursar, ele recusou a homenagem em protesto ao reajuste de 61,8% concedido pelos deputados e senadores aos seus próprios salários.
"A comenda hoje outorgada não representa a pessoa do cearense maior que foi dom Hélder Câmara. Desfigura-a, porém. De seguro, sem ressentimento e agindo por amor e com respeito a todos os senhores e senhoras, pelos quais oro todos os dias, só me resta uma atitude: recusá-la".
O público aplaudiu a decisão. O bispo destacou que a realidade da população mais carente, obrigada a enfrentar filas nos hospitais da rede pública, contrasta com a confortável situação salarial dos parlamentares. E acrescentou que o aumento salarial " é um atentado, uma afronta ao povo brasileiro, ao cidadão contribuinte para bem de todos com o suor de seu rosto e a dignidade de seu trabalho".

Prá quem quiser ver o vídeo, o link: http://www.youtube.com/watch?v=ZNuFlHAWwxo
Parabéns Dom Manuel Edmilson Cruz!!!!!! Que outros sigam seu exemplo.

1 comentários:

Nina Dias disse...

Apoiado Lu! Acho que traduziu a indignação do brasileiro e deveriamos ter mais homenageados recusando tal prêmio ou outro, que venha destas casa representandtes do povo, beijo Nina